Quinta-feira, 22 de Abril de 2010
homenagem a nelly sachs

 

Escorregando pela cauda dos cometas,

a Terra sente-se viúva, queria ser outra,

estrebuchando como peixe em rede de estrelas.

 

Nós queríamos sair de nós, outros,

em queda desde a mais remota antiguidade,

das entranhas, pelos forros dos telhados.

 

***

 

paulo teixeira

 

(maputo - moçambique, 1962)

 

 

*********************


lido em: resumo - a poesia em 2009

publicado por carlossilva às 03:22
link do post | comentar | favorito

Domingo, 21 de Fevereiro de 2010
os amantes de pompeia

 

Eles conheceram-se neste abraço

em que levam tanto tempo,

embalados na cadência

 

de uma canção desconhecida

e no mover das mãos que hesitam

entre o animal e a planta.

 

O tempo privou-os de vida

mas não um do outro, tangíveis

nos membros onde o desejo

 

lateja ainda,

gestos como medusas esvaindo-se

no sangue em que se fundiram para sempre.

 

Geraram esta outra placenta

com a urgência de quem sabe

que bebe em cada trago despedida:

 

lenta colheita da alma

que palidamente assoma

em cada poro,

 

subtil, alada como pluma

que sem ser vista

se solta.

 

Neste abraço os reteve até à sufocação,

Depois que se abateram o céu e o horizonte,

o mundo foi-lhes langor

 

e memória acesa;

petrificados, mortos,

estão diante do nosso olhar,

 

na posição aflita em que os une,

mais que o esterno e a pelve,

o duplo receio da imortalidade.

 

***

Paulo Teixeira - 1962

Maputo - Moçambique
 

*****************************

 



publicado por carlossilva às 15:01
link do post | comentar | favorito

Sábado, 1 de Novembro de 2008
auto-de-fé

Quando o amor é como os papéis velhos

e anseia por mais arte que a do poema

o coração é o forno onde ardem as palavras.

 

                                     *

 

Nesse dia elas foram, amarradas com barbante,

viúvas precipitando-se dentro da pira.

Fiquei a vê-las abrirem-se como pétalas

para logo definharem a meus olhos

numa florescência não cumprida.

O seu frémito era ainda uma ânsia minha.

 

Remexi as cinzas, agitei o ar com as mãos.

Vi como o poema se mostra servil ante o fogo.

E pensei: ardessem também os meus dedos!

Para que o poema não deixe crias ao morrer

e não mais confira o direito à vida

do que nele vai escrito.

 

                                        *

 

Porque o amor é a arte que fica além do poema,

no dia em que não escrever mais poemas

sei que o amor resgatará o meu corpo da chama.

 

***

Paulo Teixeira (1962)

 


lido em: Autobiografia Cautelar

publicado por carlossilva às 02:41
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
agenda
18 de abril 2013 19 de abril 2013
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

homenagem a nelly sachs

os amantes de pompeia

auto-de-fé

arquivos

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

a m pires cabral(4)

adelia prado(5)

adilia lopes(8)

al berto(6)

alba mendez(4)

albano martins(4)

alberte moman(8)

alberto augusto miranda(9)

alexandre teixeira mendes(11)

alfonso lauzara martinez(8)

alice macedo campos(13)

alicia fernandez rodriguez(5)

almada negreiros(4)

amadeu ferreira(8)

ana luísa amaral(6)

ana marques gastao(4)

andre domingues(5)

andreia carvalho(4)

antonio barahona(5)

antonio cabral(5)

antonio gedeao(5)

antonio ramos rosa(7)

anxos romeo(4)

ary dos santos(5)

augusto gil(4)

augusto massi(4)

aurelino costa(11)

baldo ramos(6)

bruno resende(5)

camila vardarac(9)

carlos drummond de andrade(5)

carlos vinagre(13)

cesario verde(4)

concha rousia(4)

cristina nery(5)

cruz martinez(9)

daniel filipe(5)

daniel maia - pinto rodrigues(4)

david mourão-ferreira(6)

elvira riveiro(8)

emma couceiro(4)

estibaliz espinosa(7)

eugenio de andrade(8)

eva mendez doroxo(8)

fatima vale(10)

fernando assis pacheco(4)

fernando pessoa(5)

fiamma hasse pais brandão(5)

florbela espanca(7)

gastão cruz(5)

helder moura pereira(4)

ines lourenço(6)

iolanda aldrei(4)

jaime rocha(5)

joana espain(10)

joaquim pessoa(4)

jorge sousa braga(6)

jose afonso(5)

jose carlos soares(4)

jose gomes ferreira(4)

jose luis peixoto(4)

jose regio(4)

jose tolentino mendonça(4)

jussara salazar(6)

luis de camoes(5)

luisa villalta(4)

luiza neto jorge(4)

maite dono(5)

manolo pipas(6)

manuel alegre(6)

manuel antonio pina(8)

maria alberta meneres(5)

maria do rosario pedreira(5)

maria estela guedes(7)

maria lado(6)

maria teresa horta(5)

marilia miranda lopes(4)

mario cesariny(5)

mia couto(8)

miguel torga(4)

nuno judice(8)

olga novo(17)

pedro ludgero(7)

pedro mexia(5)

pedro tamen(4)

raquel lanseros(9)

roberta tostes daniel(4)

rosa enriquez(6)

rosa martinez vilas(8)

rosalia de castro(6)

rui pires cabral(5)

sophia mello breyner andressen(7)

suzana guimaraens(5)

sylvia beirute(11)

tiago araujo(5)

valter hugo mae(5)

vasco graça moura(6)

virgilio liquito(5)

x. m. vila ribadomar(6)

yolanda castaño(10)

todas as tags

links
pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds