Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009
volto já

volto ja



publicado por carlossilva às 08:51
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 13 de Agosto de 2009
o melro de visita

 

o amor não é uma saga cruel:

vejo-a cuidar das plantas no jardim,

brincam as filhas com lápis e papel

e eu escrevo sossegado, é bom assim.

 

na relva, um melro a saltitar, vilão

pretíssimo, esfuzia à cata de algum resto,

ou da mosca azarada: passa  lesto 

entre duas roseiras. já é verão.

 

mas o melro demanda outro quintal

e do poema, sem jeito e sem disfarce,

sai de bico amarelo em diagonal

 

desajeitada: esvoaça sem maneiras

como um pingo de tinta a escapar-se.

de verde prateada, as oliveiras.

 

***

Vasco Graça Moura

 

******************************

 



publicado por carlossilva às 10:07
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 12 de Agosto de 2009
[quinze de fevereiro]

 

onde é o teu corpo onde

o tempo passa nas veias

 

porque não posso parar o tempo

que te corre

 

***

Pedro Sena-Lino

 

*******************************

 


lido em: deste lado da morte ninguém responde

publicado por carlossilva às 09:49
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 11 de Agosto de 2009
na memória

 

Na memória

o cintilar do olhar do teu rosto

cria uma imperceptível e oculta

tentação de te tocar

desenhar teus ombros braços e mãos

e atravessar teu rio

 

***

Fernando Rente

 

******************************

 


lido em: Amor do Mar e outros poemas (2oo4-2005)

publicado por carlossilva às 13:05
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 10 de Agosto de 2009
crepúsculo

 

É quando um espelho, no quarto,

se enfastia;

quando a noite se destaca

da cortina;

quando a carne tem o travo

da saliva,

e a saliva sabe a carne 

dissolvida;

quando a força de vontade

ressuscita;

quando o pé sobre o sapato

se equilibra...

É quando às sete da tarde

morre o dia

- que dentro de nossas almas

se ilumina,

com luz lívida, a palavra

despedida.

 

***

David Mourão-Ferreira

 

**********************************

 


lido em: Obra Poética

publicado por carlossilva às 11:22
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 9 de Agosto de 2009
languidez


Fecho as pálpebras roxas, quase pretas,
Que poisam sobre duas violetas,
Asas leves cansadas de voar...

E a minha boca tem uns beijos mudos...
E as minhas mãos, uns pálidos veludos,
Traçam gestos de sonho pelo ar...

 

***

Florbela Espanca

 

****************************

 



publicado por carlossilva às 01:37
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 7 de Agosto de 2009
tarde de mais

 

Quando chegaste enfim, para te ver

Abriu-se a noite em mágico luar;

E para o som de teus passos conhecer

Pôs-se o silêncio, em volta, a escutar...

 

Chegaste, enfim! Milagre de endoidar!

Viu-se nessa hora o que não pode ser:

Em plena noite, a noite iluminar

E as pedras do caminho florescer!

 

Beijando a areia de oiro dos desertos

Procurara-te em vão! Braços abertos,

Pés nus, olhos a rir, a boca em flor!

 

E há cem anos que eu era nova e linda!...

E a minha boca morta grita ainda:

Porque chegaste tarde, ó meu Amor?!...

 

***

Florbela Espanca

 

*****************************



publicado por carlossilva às 00:00
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009
os espelhos


Os espelhos acendem o seu brilho todo o dia
Nunca são baços
E mesmo sob a pálpebra da treva
Sua lisa pupila cintila e fita
Como a pupila do gato
Eles nos reflectem. Nunca nos decoram

Porém é só na penumbra da hora tardia
Quando a imobilidade se instaura no centro do silêncio
Que à tona dos espelhos aflora
A luz que os habita e nos apaga:
Luz arrancada
Ao interior de um fogo frio e vítreo

 

***

Sophia de Mello Breyner Andresen


***************************************************
 



publicado por carlossilva às 01:12
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 4 de Agosto de 2009
cantiga

 

É pelo teu rosto em que as marés passam,

pelos teus lábios em que voam gaivotas,

pelos teus dedos em que a luz perpassa,

pelos teus olhos que me traçam as rotas,

 

que este barco encontra o caminho,

que este dia descobre que não é tarde,

que as palavras se bebem como vinho,

e o fogo não queima quanto arde.

 

É no que me dizes quando a noite fala,

no que perdura da manhã que se esquece,

no que é dito em tudo que se cala,

e não precisa de ser dito quando amanhece.

 

Pode ser o amor tantas vezes sentido,

ou só aquilo que vive no coração,

pode ser o que pensava ter esquecido,

e regressa agora pela tua mão.

 

Quantas vezes já foi primavera,

e logo aí as flores morreram:

até ao dia em que nada ficou como era,

e todas as folhas mortas reverdeceram.

 

***

Nuno Júdice


****************************


lido em: A matéria do poema

publicado por carlossilva às 01:46
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009
eu sirvo a lisura

 

Eu sirvo a lisura

Do mito ao espaço

Entendidos são

Conformes medidos

Como entre actos digo

Eu sirvo a lisura

Eu, os meus amigos

Privados de fundos

Colmeias reatas

Polos positivos

Adjectivos meros

vamos congregar-nos

 

***

José Afonso

 

**********************

 

(Parabéns Zeca Afonso)

 



publicado por carlossilva às 13:48
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
agenda
18 de abril 2013 19 de abril 2013
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

fogo e água

pára-me de repente o pens...

si digo mar

infância

trapo de voz representa o...

nana para gatos a punto d...

sou uma coluna crematória

dois poemas

nacín vello de máis

uelen

arquivos

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

a m pires cabral(4)

adelia prado(5)

adilia lopes(8)

al berto(6)

alba mendez(4)

albano martins(4)

alberte moman(8)

alberto augusto miranda(9)

alexandre teixeira mendes(11)

alfonso lauzara martinez(8)

alice macedo campos(13)

alicia fernandez rodriguez(5)

almada negreiros(4)

amadeu ferreira(8)

ana luísa amaral(6)

ana marques gastao(4)

andre domingues(5)

andreia carvalho(4)

antonio barahona(5)

antonio cabral(5)

antonio gedeao(5)

antonio ramos rosa(7)

anxos romeo(4)

ary dos santos(5)

augusto gil(4)

augusto massi(4)

aurelino costa(11)

baldo ramos(6)

bruno resende(5)

camila vardarac(9)

carlos drummond de andrade(5)

carlos vinagre(13)

cesario verde(4)

concha rousia(4)

cristina nery(5)

cruz martinez(9)

daniel filipe(5)

daniel maia - pinto rodrigues(4)

david mourão-ferreira(6)

elvira riveiro(8)

emma couceiro(4)

estibaliz espinosa(7)

eugenio de andrade(8)

eva mendez doroxo(8)

fatima vale(10)

fernando assis pacheco(4)

fernando pessoa(5)

fiamma hasse pais brandão(5)

florbela espanca(7)

gastão cruz(5)

helder moura pereira(4)

ines lourenço(6)

iolanda aldrei(4)

jaime rocha(5)

joana espain(10)

joaquim pessoa(4)

jorge sousa braga(6)

jose afonso(5)

jose carlos soares(4)

jose gomes ferreira(4)

jose luis peixoto(4)

jose regio(4)

jose tolentino mendonça(4)

jussara salazar(6)

luis de camoes(5)

luisa villalta(4)

luiza neto jorge(4)

maite dono(5)

manolo pipas(6)

manuel alegre(6)

manuel antonio pina(8)

maria alberta meneres(5)

maria do rosario pedreira(5)

maria estela guedes(7)

maria lado(6)

maria teresa horta(5)

marilia miranda lopes(4)

mario cesariny(5)

mia couto(8)

miguel torga(4)

nuno judice(8)

olga novo(17)

pedro ludgero(7)

pedro mexia(5)

pedro tamen(4)

raquel lanseros(9)

roberta tostes daniel(4)

rosa enriquez(6)

rosa martinez vilas(8)

rosalia de castro(6)

rui pires cabral(5)

sophia mello breyner andressen(7)

suzana guimaraens(5)

sylvia beirute(11)

tiago araujo(5)

valter hugo mae(5)

vasco graça moura(6)

virgilio liquito(5)

x. m. vila ribadomar(6)

yolanda castaño(10)

todas as tags

links
leitores
pesquisar
 
visitas
Free counter and web stats
blogs SAPO
subscrever feeds